AdSense

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

A Igreja que evangeliza

"Ora, na igreja em Antioquia havia profetas e mestres, a saber: Barnabé, Simeão, chamado Níger, Lúcio de Cirene, Manaém, colaço de Herodes o tetrarca, e Saulo. Enquanto eles ministravam perante o Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo: Separai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. Então, depois que jejuaram, oraram e lhes impuseram as mãos, os despediram".

INTRODUÇÃO

A igreja naquele momento vivia o chamado para sair, os sinais de poder.
É o momento da evangelização. Cheios do Espírito Santo, vivendo o 1º amor.
A obra é a mesma e vive as mesmas experiências que os nossos irmãos da igreja primitiva viveram, caminhamos na revelação, obedecendo a tudo que o que o Senhor tem revelado.

DESENVOLVIMENTO

Servindo eles ao Senhor - onde? No Corpo

Jejuando e Orando - usando os Meios de graça

Disse o Espírito Santo: O Espírito Santo orienta quanto ao projeto, como fazer, como sair. Está é a obra que estamos vivendo.

Só tomamos atitude através da revelação do Espírito Santo.

O Senhor falou a Paulo e aos seus servos várias vezes por visão, pelos dons. A igreja sai a evangelizar, faz o
trabalho por que temos ouvido a voz o Senhor.

CONCLUSÃO

Pondo sobre eles a mão: A obra é vitoriosa na evangelização, nos atos de justiça, na salvação; as experiências estão no meio de um povo fiel que vive a doutrina.

As mãos do Senhor são a certeza da vitória em tudo.