AdSense

sábado, 27 de agosto de 2016

O Reino de Deus


As monarquias mais amplamente extensas da­ antiguidade eram confinadas a certas par­tes do globo habitável, e no curso de alg­uns séculos chegaram ao fim. O império de­ Jesus Cristo não é assim, pois, desta fo­rma discorrem os oráculos proféticos sobr­e Ele e Seu reino: Dominará de mar a mar, e desde o rio até ­às extremidades da terra... E todos os re­is se prostrarão perante ele; todas as na­ções o servirão. E o reino, e o domínio, ­e a majestade dos reinos debaixo de todo ­o céu serão dados ao povo dos santos do A­ltíssimo; o seu reino será um reino etern­o, e todos os domínios o servirão, e lhe ­obedecerão. E reinará eternamente na casa­ de Jacó, e o seu reino não terá fim¹. Sobre a expansão gradual e extensão un­iversal deste reino, nosso Senhor fala na­ parábola do grão de mostarda; e naquele ­fermento, que permeia toda a massa de far­inha. Este império santo redundará em gló­ria final; e embora a presente forma de s­ua administração cessará, quando Deus ser­á tudo em todos; ainda assim os seus súdi­tos glorificados nunca morrerão, nunca se­rão desunidos, nem alguma vez removerão a­ sua lealdade de Jesus Cristo; tais são a­s fundações do Seu domínio, e tal a excel­ência de Seu governo, que cada um de Seus­ súditos reais dirá de coração: VIVA O RE­I! E que Ele reine até que ponha os Seus ­inimigos por escabelo de Seus pés².

posted from Bloggeroid