AdSense

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Provérbios 8:33

Provérbios 8:33



Ouvi a correção, não a rejeiteis e sede sábios.



Temos aqui o melhor conselho já dado! Estas nove palavras ensinam profunda sabedoria. Seu caráter, sua reputação, sua situação atual na vida, e seus anseios futuros dependem de quão bem você guardou e guardará este simples provérbio. A característica que define um homem sábio é a sua habilidade de seguir regra básica tripartite.

Salomão utilizou de uma personificação estendida da sabedoria neste ponto em Provérbios (Pv 8:1-9:12). A Senhora Sabedoria se dirigiu às crianças em seu bondoso apelo para que elas fossem sábias e obtivessem dela grandes bênçãos (Pv 8:32). O conselho é tão curto, tão simples, e tão básico, que a maioria o ignorará. Elas pensam que não pode haver sabedoria em tão poucas palavras. Elas estão enganadas!

A Senhora Sabedoria disse primeiro, "Ouvi a correção". O fundamental em qualquer aprendizado é a habilidade e a opção de ouvir outra pessoa. Ao chegar totalmente ignorante a este mundo, o único conhecimento que você adquirirá tem que vir de outras pessoas. Não são muitas as pessoas que gostam de ouvir que elas não sabem nada e que devem aprender a pensar e a agir. Mas homens sábios aspiram por esta atividade (Pv 1:5; 9:9; 12:1).

Crianças sábias apreciam e gostam de ouvir os seus pais, pois eles consideram e lembram que os seus pais sabem muito mais do que eles sabem (Jó 32:6-7). Pais sábios prestam atenção aos seus pais, pois eles sabem mais ainda! E sábios santos terão anseios pela casa de Deus, onde poderão ouvir a palavra de Deus exposta e explicada para o benefício de suas almas.

Paulo elogiou os ouvintes de Beréia pela sua nobreza em ouvir a sua pregação com uma mente disposta (At 17:11). Mas a Bíblia claramente descreve diferentes maneiras de ouvir. Herodes Antipas ouviu com alegria a João Batista, mas também cortou a cabeça dele (Mc 6:16-28). Jesus disse aos Seus ouvintes como deveriam ouvir para que pudessem dar fruto (Lc 8:18).

Em seguida a Senhora Sabedoria acrescentou, "e sede sábios". De que maneira você reage àquilo que você ouve dos seus pais, pastores e professores? Você rejeita os seus próprios pensamentos de forma a aceitar e adotar aquilo que você ouve? Ela exige a verdadeira sabedoria, que é aprendida com outros (Pv 6:6; 19:20; Sl 94:8). A sabedoria arrogante, que rejeita a instrução é muito tola e perigosa (Pv 3:7; 26:5,12).

Então ela diz, "Não a rejeiteis". Uma resposta objetiva à correção e a instrução ou alertas comprovam um coração tolo. Rejeite-a e ouça submissamente. Não dês as costas a um que ensina, mesmo que ele diga algo que a desagrade. Paulo ensinou a não desprezar as profecias, o que significa, que os seus ouvintes deveriam amar, buscar e aceitar a pregação (ITs 5:20).

Você ama a pregação, rejeitando suas idéias e aceitando a instrução? Esta é a medida da sua sabedoria; ela é a medida do seu futuro e da sua prosperidade (Pv 1:20-33; 8:34-36; 10:17; 29:1).