AdSense

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Liderança


Liderança é uma responsabilidade formidável. Posicionar-se como líder de outros envolve duas grandes responsabilidades.
Primeiro, Ezequiel disse que um líder é um "sentinela" (Ezequiel 33:2). A tarefa de um sentinela é de ficar de pé sobre o muro sempre vigilante na busca do inimigo. Não existe "parcialidade a pessoas" na vida de um sentinela, mas ele dá o sinal de alerta para que todos possam se preparar. Se o sentinela dormir, ou ficar com medo ou não se preocupar em dar o sinal de alerta, o Senhor considerará essa pessoa responsável pelo sangue de Seu povo (33:6).
A segunda responsabilidade de um líder é ser um "pastor" (34:2). O líder não apenas lidera, mas também alimenta o rebanho de Deus. Se o líder gasta seu tempo e sua atenção alimentando a si mesmo, o rebanho não será fortalecido, nem curado nem enfaixado, os perdidos e os desviados não serão trazidos de volta (34:4). Pastores nunca devem dominar sobre o rebanho com "dureza e brutalidade" (34:4). Ao contrário, devem ser um exemplo.
Líderes que cumprem essas duas funções devem ser altamente respeitados: "Obedeçam aos seus líderes e submetam-se à autoridade deles. Eles cuidam de vocês como quem deve prestar contas" (Hebreus 13:7). Obedeça e ore por seus sentinelas e seus pastores, pois a sua vida espiritual está nas mãos deles.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

O Deus eterno é a tua habitação


"O Deus eterno é a tua habitação." (Deuteronômio 33.27)

A palavra “habitação” poderia ser traduzida “mansão” ou “lugar permanente”. Isto nos dá o pensamento de que Deus é nossa habitação, nosso lar. Existe doçura e plenitude nessa metáfora, visto que o lar é um lugar querido para nós, mesmo que se trate de uma casa simples. Muito mais querido é o nosso bendito Deus, em quem “vivemos, e nos movemos, e existimos” (Atos 17.28).

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Devocional


"Andai nele." (Colossenses 2.6)

Se recebemos o próprio Cristo em nosso coração, a nossa vida nova se manifestará em familiaridade íntima com Ele, por meio de um andar de fé nEle. Andar implica em ação. Nossa fé não pode ficar confinada ao momento de oração particular. Temos de manifestar em nossa vida diária aquilo que cremos. Se um homem anda em Cristo, ele se comporta como Cristo se comportaria.

sábado, 4 de novembro de 2017

Uma palavra de Paulo

2Timóteo 3.14-17
Avisos e conselhos


Quanto a você, continue firme nas verdades que aprendeu e em que creu de todo o coração. Você sabe quem foram os seus mestres na fé cristã. E, desde menino, você

conhece as Escrituras Sagradas, as quais lhe podem dar a sabedoria que leva à salvação, por meio da fé em Cristo Jesus. Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. E isso para que o servo de Deus esteja completamente preparado e pronto para fazer todo tipo de boas ações.

sábado, 14 de outubro de 2017

Ester 1:1-19


MEDITAÇÕES SOBRE O LIVRO DE ESTER (Leia Ester 1:1-19)

A história de Ester constitui uma narrativa singular quando comparada aos demais livros da Bíblia. Cronologicamente pode ser colocada entre os capítulos 6 e 7 de Esdras. Por um lado, ela apresenta os judeus que permaneceram no império persa após o retorno de uma parte do povo a Jerusalém (na primeira volta); por outro lado, apresenta o supremo senhor do império, o poderoso Assuero e sua corte. Esse rei é conhecido dos historiadores como Xerxes, filho de Dario. É famoso por sua campanha contra os gregos, marcada pela fragorosa derrota de sua frota em Salamina. Daniel 11:2 faz alusão a esse monarca e à sua riqueza.

A fabulosa festa que vemos no capítulo 1 acontece antes da guerra com a Grécia e provavelmente tinha por objetivo uma preparação para ela. Tudo nesse capítulo é marcado pela glória do homem, cujo orgulho não conhece limites. Embora tal esplendor não seja visto tão comumente em nossos dias, não há quantidade de festas ou eventos grandiosos suficientes para os homens se vangloriarem diante dos outros ou tentarem superá-los. O filho de Deus fiel não toma parte nessas coisas. Por quê? Porque o poder, a inteligência e o prazer advindos do homem (v. 8) sempre dão lugar ao orgulho.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Ester é feita rainha

Segunda-feira, 09 de outubro de 2017

Ester 2.12-18
Ester é feita rainha
O tratamento de beleza das moças durava um ano; durante seis meses eram usados perfumes de mirra e, no resto do ano, outros perfumes e produtos de beleza. Terminado o tratamento, cada moça era levada ao rei Xerxes. Quando chegava a sua vez de ir do harém até o palácio, cada moça tinha o direito de levar tudo o que quisesse. À tarde, ela ia ao palácio, e na manhã seguinte ia para outro harém, e era entregue aos cuidados de Saasgaz, o eunuco responsável pelas concubinas do rei. Ela não voltava a se encontrar com o rei, a não ser que ele gostasse dela e mandasse chamá-la pelo nome.

Chegou a vez de Ester, filha de Abiail e prima de Mordecai, a moça que Mordecai tinha criado, a moça que conquistava a simpatia de todos os que a conheciam. Quando chegou a sua vez de se encontrar com o rei, ela levou somente aquilo que Hegai, o eunuco responsável pelo harém, havia recomendado. Ester foi levada ao palácio para apresentar-se ao rei Xerxes no mês de tebete, o décimo mês do sétimo ano do seu reinado. Ele gostou dela mais do que de qualquer outra moça, e ela conquistou a simpatia e a admiração dele como nenhuma outra moça havia feito. Ele colocou a coroa na cabeça dela e a fez rainha no lugar de Vasti. Depois ele deu um grande banquete em honra de Ester e convidou todos os oficiais e servidores. Ele decretou que aquele dia fosse feriado no reino inteiro e distribuiu presentes que só um rei poderia oferecer.


.

sábado, 7 de outubro de 2017

O que é um cristão?


O Dicionário Webster’s define um Cristão como “uma pessoa que professa a crença em Jesus Cristo ou na religião baseada nos ensinamentos de Jesus.” Enquanto este é um bom ponto de partida para entender o que é um Cristão, como em muitas definições seculares, entretanto, ela falha em comunicar a verdade bíblica do sigificado de ser Cristão.

A palavra Cristão é usada três vezes no Novo Testamento (Atos 11:26; Atos 26:28; 1 Pedro 4:16). Os seguidores de Jesus Cristo foram chamados “Cristãos” pela primeira vez em Antioquia (Atos 11:26) porque seu comportamento, atividade e fala eram como Cristo. A expressão foi inicialmente usada pelas pessoas não salvas de Antioquia como um apelido desrespeitoso para debochar dos Cristãos. Significa literalmente: “pertencente ao partido de Cristo” ou um “aderente ou seguidor de Cristo”, o que é bem similar à forma como o Dicionário Webster’s a define.

Infelizmente, com o tempo a palavra “Cristão” perdeu uma grande parte de seu significado e é geralmente utilizada para descrever alguém que é religioso ou tem altos valores morais ao invés de ser um verdadeiro seguidor renascido de Jesus Cristo. Muitas pessoas que não acreditam em Jesus Cristo se consideram Cristãs simplesmente porque vão à igreja ou vivem em uma nação “Cristã”. Mas ir à igreja, servir aos menos afortunados que você, ou ser uma boa pessoa não fazem de você um Cristão. Como disse um evangelista certa vez: “Ir à igreja não faz de você um Cristão mais do que ir a uma oficina faz de você um carro.” Ser um membro de igreja, freqüentar os cultos regularmente e trabalhar para a igreja não podem fazer de você um Cristão.

A Bíblia nos ensina que as boas obras que fazemos não são capazes de nos tornar aceitáveis para Deus. Tito 3:5 nos diz que “não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo Sua misericórdia, Ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo.” Então, um Cristão é alguém que foi renascido por Deus (João 3:3; João 3:7; 1 Pedro 1:23) e colocou a sua fé e confiança em Jesus Cristo. Efésios 2:8 nos diz que “pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus.” Um verdadeiro Cristão é alguém que se arrependeu do seu pecado e colocou sua fé e confiança somente em Jesus Cristo. A sua confiança não é em seguir uma religião ou um conjunto de códigos morais, ou uma lista de faças e não-faças.

Um verdadeiro Cristão é alguém que colocou a sua fé e confiança na pessoa de Jesus Cristo e no fato de que Ele morreu na cruz como pagamento por nossos pecados e ao terceiro dia ressuscitou dos mortos para obter vitória sobre a morte e dar vida eterna a todos os que Nele crêem. João 1:12 nos diz: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome.” Um verdadeiro Cristão é de fato um filho de Deus, uma parte da verdadeira família de Deus, e alguém que recebeu vida nova em Cristo. A marca de um verdadeiro Cristão é o amor pelos outros e obediência à palavra de Deus (1 João 2:4; 1 João 2:10).